Farmacêutico garante segurança no tratamento oncológico

Compartilhe:

O tratamento oncológico é delicado e complexo, envolvendo diversos profissionais da área da saúde, com o intuito de atender o paciente da melhor forma possível. Esse cuidado multidisciplinar é o maior objetivo da Clínica Onco Hematos – que integra a Rede AMO, Assistência Multidisciplinar em Oncologia. Entre os profissionais está o farmacêutico, cujo trabalho é meticuloso e tão importante quanto o desenvolvido por todos da equipe.

O farmacêutico executa papel fundamental no tratamento do paciente oncológico. Para tal função, o mesmo deve atender a alguns critérios mínimos exigidos por lei, o que já eleva o nível de conhecimento e habilidades do mesmo.

“Devido a complexidade do tratamento oncológico essa atividade exige habilidades de comunicação, relacionamento interpessoal e capacitação técnica, além de autoconhecimento. Todas essas atribuições são indispensáveis, além do olhar humanizado”, explica a farmacêutica clínica Gildete Oliveira, que integra a equipe da Farmácia da Onco Hematos.

As funções desempenhadas pelo farmacêutico oncológicos, conforme destaca Daniela Araújo Melo, supervisor de farmácia da Onco Hematos, envolve desde a aquisição e garantia da qualidade dos medicamentos e insumos utilizados, até a análise técnica da prescrição, o preparo (manipulação) dos medicamentos.

“Além disso, acompanha a equipe que faz a aplicação da medicação, gera relatórios de desempenho fármaco-econômico, contribuindo com a saúde financeira da instituição, sem se descuidar do bem estar de cada paciente”, relata Daniela Araújo Melo.

A atenção ao paciente começa antes mesmo do tratamento, realizando consulta para orientações sobre o tratamento e identificar todas as necessidades de saúde de cada paciente.

“Hoje na Onco Hematos dispomos de profissionais com dedicação exclusiva à atividade clínica e um canal de atendimento aos pacientes e familiares, proporcionando maior segurança durante todo o tratamento”, finaliza Gildete Oliveira.

Ascom/Onco Hematos

Mais Notícias

foto-preto-e-branco-de-mulher-com-dor

Endometriose x Fibromialgia

O-que-e-melanoma-

Descubra os sinais cruciais do Melanoma

anemia

Anemia não é tudo igual

utero

Câncer de colo de útero: prevenção e conscientização

Em que podemos ajudar?