Projeto Outubro Rosa Exercite-se leva palestras de prevenção as empresas

Compartilhe:

Com o objetivo de levar informação e promover orientações para o diagnóstico precoce do câncer de mama, o projeto Exercite-se criado pelas clínicas Onco Hematos e Homo, que integram a Rede AMO, Assistência Multidisciplinar em Oncologia, tem levado através de sua equipe palestras a colaboradores de diversas empresas.

“Estamos levando para algumas empresas e escolas palestras para orientar como proceder em casos de alterações mamárias e divulgar informações que vão despertar sobre a importância do cuidado com a saúde”, explicou a médica mastologista Paula Saab.

Na tarde da última terça-feira, 18, a empresa Dexco Hydra Aracaju reuniu suas colaboradoras para ouvir a mastologista explicar como cuidar da saúde e destacar a importância da atividade física como redutor de risco para o câncer de mama. “O mote de nossa campanha este ano é o exercício físico que está comprovado cientificamente, tem um papel fundamental na prevenção de doenças”, alertou Paula Saab.

Para Damiana Mércia, jovem com 20 anos, cuidar da saúde não tem idade e ressalta a importância de obter informações sobre o câncer de mama. “Essa é uma doença que também pode acorrer em mulheres jovens, então é bom estar indo ao médico, fazer o autoexame se cuidar”, comentou.

Com os exames preventivos em dia, a colaboradora Daiana Silva fez sua primeira mamografia aos 40 anos e afirmou que manterá a regularidade em fazer seus exames. “Muitas pessoas pensam que pelo fato de não ter nenhum caso na família e não sentir alguma dor não precisa se cuidar, ao contrário, a gente precisa se prevenir”, afirmou.

Outra empresa que recebeu o Projeto Exercite-se, foi o Grupo Pimentel que reuniu suas colaboradoras para assistir a palestra com a oncologista e paliativista Erijan Andrade. Segundo a médica, campanhas como essa contribuem para ampliar a discussão sobre o tema prevenção, que passa também pelo exercício físico. “A atividade física diminui em 30% o risco de câncer de mama e por isso a importância de realizar antes como profilaxia e depois como tratamento porque reduz a recidiva da doença”, afirmou a Erijan, explicando que a atividade física não é uma opção faz parte do tratamento do câncer de mama.

Nos próximos dias as palestras serão ministradas na Universidade Tiradentes e na Deso.

Ascom/Onco Hematos

Mais Notícias

foto-preto-e-branco-de-mulher-com-dor

Endometriose x Fibromialgia

O-que-e-melanoma-

Descubra os sinais cruciais do Melanoma

anemia

Anemia não é tudo igual

utero

Câncer de colo de útero: prevenção e conscientização

Em que podemos ajudar?